terça-feira, 2 de abril de 2013

Direitos da gestante numa perspectiva multidisciplinar.

O Hospital São Vicente de Paulo promoveu, na tarde desta segunda-feira, 01 de abril de 2013, uma palestra voltada para o direito da gestante, baseda no projeto de intervenção de Priscila de Morais Rufino - Graduanda em Serviço Social na Universidade Federal de Alagoas - UFAL e contou com a participação dos profissionais de saúde da instituição: Assistente social (Jaqueline), psicóloga (Kataline), nutricionista (Marcos) e enfermeiro (Rones) que contribuíram dentro de suas especialidades, para enriquecer os conhecimentos das gestantes sobre seus direitos.

O momento foi muito proveitoso, pois as gestantes interagiram com os profissionais através de perguntas, onde as mesmas puderam esclarecer suas dúvidas a cerca dos assuntos abordados.

O evento foi finalizado com sorteios de brindes para as gestantes.

Sobre o projeto

          O então projeto se apresenta como possibilidade de uma intervenção de estágio sob uma perspectiva de direito direcionada as gestantes do Hospital São Vicente de Paulo. O tema sugerido foi pensado através de uma análise no que se refere à qualidade das consultas de pré-natal, consultas estas que devem constar informações necessárias à gestante e não apenas exames clínicos. Diante da defasagem existente nas consultas pré-natais, como a falta de informações necessárias a gestante e consultas essencialmente técnicas, esse projeto foi pensado.

            Para melhor desenvolver as atividades (palestras – sala de espera) que são realizadas semanalmente pelo Serviço Social do Hospital (Assistente Social – Maria Jaqueline), foi pensado pela aluna estagiária em Serviço Social (Priscila de Morais) o desenvolvimento desse projeto, com o objetivo de fortalecer os vínculos da instituição com os usuários de seus serviços, numa perspectiva de direito.

            Nas atividades realizadas às segundas-feiras pela manhã na sala de espera, para as consultas com o obstetra, as gestantes participam de um momento de reflexão sobre seu estado (gravidez). O Serviço Social do Hospital já realiza esse tipo de atividade, (com palestras cujo tema gira em torno de esclarecimentos sobre: Amamentação.), mas esta proposta visa complementar esses momentos contando com a participação de outros profissionais da instituição, como: enfermagem, nutrição, psicologia e fisioterapia, com o objetivo de informar as futuras mães a cerca de outros assuntos que cabem a cada uma dessas áreas de atuação referidas.

            Nessa atividade multidisciplinar a atuação do Serviço Social além de coordenar e convidar os profissionais a participarem desse projeto, deverá prestar assistência e buscar a melhoria da qualidade de vida das gestantes e bebês.

Gestantes


 Gestantes, psicóloga ( à esquerda), assistente social (ao meio) e idealizadora do projeto (à direita).



A avaliação foi realizada por meio de uma análise sistemática ao final de cada reunião, baseada nos indicadores de avaliação postos inicialmente no quadro de sistematização do projeto. Dessa forma foram feitas perguntas, no sentido de avaliar o grau de compreensão das gestantes e dos profissionais a respeito dos temas socializados. A avaliação foi considerada positiva, visto que os objetivos foram entre 90% e 95% alcançados.



Priscila Morais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário